Percepção musical no ensino superior: Avaliação de métodos de rítmica sob a ótica da cognição musical

LETÍCIA DIAS DE LIMA

Resumo


Este artigo sintetiza a avaliação de quatro métodos de rítmica utilizados na graduação em música das universidades estaduais de São Paulo, sendo eles: Starer (1969), Hindemith (1988), Hall (2005) e Gramani (2013). Inicialmente, contextualizamos o objeto de pesquisa, apresentando questões mais abrangentes a respeito da disciplina de Percepção Musical. Então, à luz de teorias e experimentos na área da cognição musical, analisamos as formulações dos autores no decorrer de seus métodos, e avaliamos de que forma são trabalhados elementos musicais como pulsação, acento, metro, e o agrupamento de padrões rítmicos. Demonstramos que os métodos se encaixam em um modelo de treinamento auditivo, fornecendo materiais para a prática repetida de solfejo de padrões rítmicos. Podemos concluir que os métodos avaliados não trabalham a percepção rítmica diretamente, pois não levam o aluno a desenvolver os processos perceptivos da forma como eles ocorrem na escuta e prática interpretativa real da música.

Music perception in higher education: Evaluation of rhythmic methods from the perspective of music cognition

Abstract: This paper summarizes the evaluation of four rhythmic methods used in undergraduate music courses from the state universities of São Paulo: Starer (1969), Hindemith (1988), Hall (2005) and Gramani (2013). Initially, we present broader issues regarding the discipline of Ear Training. Then, in the light of theories and experiments in the field of music cognition, we analyze the authors' statements in the course of their methods, and evaluate how musical elements such as beat, accent, meter, and grouping are presented. We show that the methods fit into an ear training model, providing materials for repeated practice of solfege. We can conclude that the evaluated methods do not approach rhythmic perception directly, since they do not lead the student to develop perceptual processes in the way they occur in real listening and music performance.

https://doi.org/10.34018/2318-891X.6(1)17-34


Palavras-chave


Percepção musical; cognição; ritmo; treinamento auditivo; ensino superior

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

PERCEPTA - Revista de Cognição Musical ©2013–2019 - ISSN 2318-891X

Associação Brasileira de Cognição e Artes Musicais – ABCM

Rua Bandeirantes Dias Cortes, 201, casa 03, Curitiba/PR, Brasil – CEP. 82.530-120

E-mail: editoria@abcogmus.org

Powered by: OJS