Intervenções musicais e a importância dos aspectos rítmicos no desenvolvimento de habilidades cognitivo-linguísticas: Uma revisão sistemática

GUILHERME ALVES DELMOLIN DE OLIVEIRA, PEDRO ALCÂNTARA SENRA DE OLIVEIRA NETO

Resumo


O presente trabalho buscou analisar a influência que as intervenções musicais parecem ter sobre o desenvolvimento de habilidades cognitivo-linguísticas em crianças. Foi realizada uma revisão sistemática sobre as diferentes estratégias de intervenção musical e seus efeitos sobre o desenvolvimento das habilidades cognitivo-linguísticas. Os resultados desta revisão indicam que as intervenções musicais baseadas nos aspectos rítmicos são capazes de produzir efeitos positivos nas habilidades de consciência fonológica, entretanto, não existem evidências para tal associação provinda de estudos com desenho experimental clínico randomizado controlado. Sugerimos que (1) novos estudos sejam conduzidos com tal desenho experimental, (2) incluam grupos controle ativos com ênfase em atividades que promovam o engajamento de modalidades sensoriais e perceptivas semelhantes às empregadas na intervenção musical e (3) incluam medidas das habilidades cognitivas e informações sobre o engajamento em atividades musicais dos indivíduos nos grupos controle e experimental, levando-se em consideração aspectos sociais e econômicos da amostra.

Musical interventions and the importance of rhythm in the development of cognitive linguistic abilities: a systematic review

Abstract: The present work sought to analyze the influence that musical interventions seem to have on the development of cognitive-linguistic abilities in children. A systematic review was carried out on the different strategies of musical interventions and their effects on the development of cognitive-linguistic abilities. Our results indicate that musical interventions based on rhythmic aspects are more effective on phonological awareness skills, though there is no evidence for such association from studies with randomized controlled clinical trial (RCT) design. We suggest that (1) future studies use RCTs. (2) Include active control groups with an emphasis on activities that promote the engagement of sensory and perceptual modalities similar to those used in musical intervention. (3) Include measures of cognitive abilities and information on engagement in musical activities of individuals in the control and experimental groups, taking into account the social and economic aspects of the sample.

https://doi.org/10.34018/2318-891X.6(1)87-98


Palavras-chave


Intervenção musical; habilidades cognitivo-linguísticas, desenvolvimento.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

PERCEPTA - Revista de Cognição Musical ©2013–2019 - ISSN 2318-891X

Associação Brasileira de Cognição e Artes Musicais – ABCM

Rua Bandeirantes Dias Cortes, 201, casa 03, Curitiba/PR, Brasil – CEP. 82.530-120

E-mail: editoria@abcogmus.org

Powered by: OJS